“Estamos investindo para manter nossa história, tradição e cultura”, diz Caiado durante as Cavalhadas de Pirenópolis

Governador destacou que recursos destinados às festividades em 15 municípios goianos, que formam o Circuito das Cavalhadas 2024, ajudam a movimentar as economias locais

Ao acompanhar as Cavalhadas de Pirenópolis na tarde deste domingo (19/05), o governador Ronaldo Caiado ressaltou a importância de valorizar a história, a cultura e a tradição do povo goiano, promovendo ao mesmo tempo o turismo, que gera emprego e renda nos municípios. Pirenópolis integra o chamado Circuito das Cavalhadas, projeto estadual que engloba 15 cidades e este ano recebeu aporte de R$ 4 milhões do Governo de Goiás. A coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, o vice-governador Daniel Vilela e os secretários da Retomada e da Cultura, César Moura e Yara Nunes, também prestigiaram o evento.

Caiado ressaltou o compromisso do estado com a cultura e enfatizou a importância das Cavalhadas. “O Governo de Goiás trabalha para incluir cada dia mais cidades no Circuito das Cavalhadas. Tudo aqui é da melhor qualidade, dentro daquilo que é a tradição. Trabalhamos para manter viva essa beleza que é a encenação do combate entre mouros e cristãos e também para movimentar a economia dos municípios”, afirmou o governador.

A primeira-dama Gracinha Caiado se mostrou uma admiradora da tradição das Cavalhadas. “Em 2019 eram 11 municípios com Cavalhadas, hoje são 15. Isso sem dúvida traz alegria pra população, gera emprego e renda, então vamos garantir que fomentar essa tradição seja uma missão de estado e não de governo. Tudo que é bom tem que ficar”, declarou ela.

O vice-governador Daniel Vilela destacou que a festividade reconecta o povo goiano com uma tradição cultural extremamente rica. “O estado tem feito todos os esforços para que haja Cavalhadas em todas as cidades, recuperando, inclusive, a tradição de algumas delas. É um investimento não apenas na cultura, mas também no desenvolvimento econômico e social”, reiterou.

Realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, e em parceria com as prefeituras, o Circuito das Cavalhadas 2024 abrange 15 municípios goianos. É a maior edição do evento. Ao todo, o Governo de Goiás destinou aos municípios R$ 4 milhões para a realização das festividades. As prefeituras são responsáveis pela aplicação dos recursos, utilizados para a montagem de tendas e estruturas de arquibancada, divulgação, compra de fantasias e adornos, entre outros itens.

“Nosso foco sempre é a segurança das pessoas. Então trabalhamos para uma estrutura segura, com a Polícia Militar fazendo o monitoramento do circuito, câmeras e também com acessibilidade. Com essa novidade, pessoas que têm algum tipo de dificuldade de locomoção conseguem participar de todo o Circuito das Cavalhadas”, explicou a secretária da Cultura, Yara Nunes.

Origem
Consideradas patrimônio imaterial do Estado, as Cavalhadas são realizadas em Goiás há mais de 200 anos. Trata-se da encenação de batalhas entre cavaleiros cristãos, vestidos de azul, e mouros, trajados de roupas vermelhas, inspiradas no livro “Carlos Magno e os doze pares da França”. As Cavalhadas fazem parte da programação da Festa do Divino Espírito Santo e reúnem religiosidade, cultura e conexão com as raízes de uma tradição centenária.

Fotos: André Saddi

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15228