Caiado se solidariza com famílias de policiais mortos em acidente

Após cortejo pelas ruas de Goiânia, velório coletivo foi realizado na sede da Academia da PM, no setor Leste Universitário; governador manifestou “profundo pesar” pelas mortes e destacou que Estado deve amparar familiares

O governador Ronaldo Caiado manifestou solidariedade às famílias dos quatro policiais vítimas de um acidente na BR-364, em Cachoeira Alta. Morreram o subtenente Gleidson Rosalen Abib, 34 anos; o 1º sargento Liziano José Ribeiro Júnior, 44 anos; o 3º sargento Anderson Kimberly Dourado de Queiroz, 42 anos; e o cabo Diego Silva de Freitas, 33 anos. Os militares pertenciam ao Comando de Operações de Divisas (COD).

“É um momento de comoção. Desde ontem decretei luto oficial de três dias e estou aqui para dizer a todos os familiares o quanto o Estado é grato por homens tão determinados e corajosos”, afirmou Caiado, durante o velório coletivo realizado em Goiânia, nesta quinta-feira (25/04).

Caiado também disse que “não vai faltar amparo do governo, que saberá cuidar dos familiares”. Os corpos foram conduzidos em veículos do Corpo de Bombeiros, em cortejo fúnebre com trajeto de cerca de quatro quilômetros, entre a Rua 90, no Setor Sul, e a Academia da PM, no Setor Leste Universitário. Além do chefe do Executivo, toda a cúpula da Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO) prestou solidariedade aos familiares. “Cabe a nós amparar as famílias e fazer com que a dor seja amenizada”, explicou o titular da pasta, Renato Brum.

O comandante-geral da PM, coronel Marcelo Granja, destacou que os servidores perderam a vida enquanto se deslocavam para o atendimento de uma ocorrência. “Eles perderam as vidas combatendo a criminalidade, se deslocando e realizando operações. São verdadeiros heróis que nunca serão esquecidos”, disse. “A profissão que escolhemos exige empenharmos a nossa vida em favor de pessoas que não conhecemos. É um sacerdócio”, complementou o comandante do COD, major Hugo Jorge Bravo.

O velório seguiu honrarias militares, marcado por comoção. O vice-governador Daniel Vilela também esteve local, assim como integrantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Penal, Polícia Científica, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Após a cerimônia, os policiais serão sepultados nos municípios onde residiam: Goiânia, Anápolis, Turvânia e Novo Gama.

O acidente ocorreu na noite de quarta-feira (24/04), na BR-364, entre os municípios de Caçu e Aparecida do Rio Doce. O caso é investigado pela delegacia de Polícia Civil de Cachoeira Alta.

Foto: André Saddi

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15591