Goiás lidera ranking de unidades de empresas atuantes no Centro-Oeste

Dados divulgados pelo IBGE referentes a 2022 mostram também que estado ocupa 8ª colocação no país

Goiás registrou 361.097 unidades locais de empresas e outras organizações formais ativas, conforme dados de 2022 do Cadastro Central de Empresas (Cempre), divulgados nesta quinta-feira (20/06), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse número representa 3,4% do total de unidades atuantes no país, que foi de 10,6 milhões em 2022. O número coloca o estado na 8ª posição nacional e como líder na região Centro-Oeste, seguido por Mato Grosso (206.085 unidades), Distrito Federal (190.432) e Mato Grosso do Sul (139.701).

“Os resultados refletem a força do empreendedorismo goiano, a eficácia das políticas públicas de incentivo e a confiança dos empresários em nosso estado”, enfatiza o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Joel de Sant’Anna Braga Filho.

Perfil
A seção comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas registrou 124 mil unidades atuantes em Goiás, o que representa 34,3% do total do estado. Atividades administrativas e serviços complementares é a segunda maior seção, com 28.958 unidades, à frente do agrupamento de atividades profissionais, científicas e técnicas (27.765 unidades) e de indústrias de transformação (25.364 unidades).

O número de pessoal ocupado em Goiás também figura na 8ª posição no ranking brasileiro, registrando 2,1 milhões de pessoas empregadas em 31 de dezembro de 2022. Já em relação ao salário médio mensal, destacou-se o município de Ouvidor, que registrou R$ 5.863,66, o sétimo maior valor do país.

Outro destaque foram as entidades empresariais, que em 2022 representaram 90,2% das unidades atuantes no estado; 76,8% do pessoal ocupado total; e 71,8% do pessoal ocupado assalariado.

Os órgãos da administração pública, apesar de representarem somente 0,8% das unidades locais de empresas e outras organizações, demonstraram sua importância ao absorverem 17,5% do pessoal ocupado total e 22,2% do pessoal ocupado assalariado.

As entidades sem fins lucrativos, por sua vez, representaram 9% das unidades locais de empresas e outras organizações e registraram as menores participações nas variáveis econômicas analisadas, com 5,7% do pessoal ocupado total, o que corresponde a 5,9% do pessoal ocupado assalariado.

Pesquisa
O Cadastro Central de Empresas (Cempre) reúne informações cadastrais e econômicas das empresas e outras organizações presentes no território nacional, inscritas no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil e de suas respectivas unidades locais.

A atualização é realizada anualmente a partir das informações provenientes do IBGE e do Ministério do Trabalho e Previdência, que sucedeu a então Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia.

Fotos: Cristóvão Matos

Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15591