Junho Vermelho: Rede Hemo abre mês da doação de sangue com evento para todas as idades

Hemocentro vai promover uma série de atividades lúdicas para fidelizar e conscientizar sobre importância da doação

A Rede Estadual de Serviços Hemoterápicos – Rede Hemo, unidade do Governo de Goiás, abre, nesta quarta-feira (05/06), a programação do ‘Junho Vermelho’, mês dedicado ao incentivo à doação de sangue. Para iniciar as comemorações, o Hemocentro Estadual Coordenador Prof. Nion Albernaz lança a campanha ‘Para Sempre Doador – De Geração em Geração’, uma ação conjunta que envolve vários hemocentros de todo o país. Em Goiás, a Rede Hemo vai instalar tendas no estacionamento do Hemocentro Coordenador, na capital, para uma série de atividades que incluem todas as faixas etárias.

Segundo a diretora-geral da Rede Hemo, Denyse Goulart, a iniciativa tem como objetivo incentivar a doação de sangue voluntária e altruísta no país, por meio do convite a doadores de várias gerações para continuar realizando esse gesto de solidariedade, cidadania e responsabilidade social. “O evento é um convite para que todas as gerações se envolvam e ajudem a manter vivo esse compromisso de solidariedade”, afirmou.

Ao todo, serão instalados quatro stands, cada um voltado à determinada faixa etária e com temas distintos. ‘Turma do Futuro’, com crianças de 3 a 7; ‘Turma Já Quero Doar’ para crianças e adolescentes de 8 a 17 anos; ‘Turma Sou Doador’, que abrange as pessoas de 18 a 59; e a ‘Turma da Experiência’, para o público com mais de 60 anos.

A diretora-geral da Rede Hemo reforça ainda que o público que comparecer ao Hemocentro poderá participar de atividades lúdicas e jogos que remetem à doação. “Estamos preparando jogos da memória, argolas, pescaria e outros. Todos com o tema da doação de sangue. Além de entreter, queremos fidelizar quem tanto nos ajuda a manter nossos estoques seguros, seja doando, ou propagando a mensagem da doação de sangue”, disse.

Junho Vermelho
O mês de junho foi destacado para conscientizar e incentivar a população sobre a importância de ser um doador. No Brasil, menos de 2% da população doa sangue regularmente e a principal faixa etária envolvida com a doação é a de pessoas entre 25 e 34 anos. Jovens com menos de 24 anos e pessoas acima dos 35 anos têm uma menor participação na doação de sangue no país. Doar sangue não dói, é rápido e ajuda a salvar até quatro vidas.

Idealizado pelo movimento Hemocentros Unidos, a campanha Junho Vermelho de 2024 é um convite para que todas as gerações se envolvam e ajudem a manter vivo o compromisso de solidariedade com a vida. A partir da experiência de doar e da satisfação de cada doador em participar dessa ação que salva vidas, é possível entender e explicar a importância de ser, para sempre, um doador.

Foto: Iron Braz

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15181