“Maior campanha já feita em Goiás”, destaca Caiado no envio do sétimo comboio com ajuda ao RS

Mais 251 toneladas de donativos foram encaminhadas ao Sul do país. No total, Goiás já enviou 1.076 toneladas de suprimentos para ajudar população gaúcha

A continuidade dos esforços para ajudar os gaúchos vítimas das enchentes mobilizou toda a estrutura do Governo de Goiás na tarde desta quarta-feira (29/05), com o envio de mais um comboio ao Rio Grande do Sul. Mais 11 carretas, com 251 toneladas de doações, seguiram do estacionamento do Estádio Serra Dourada. Este é o sétimo comboio enviado ao Sul do país. “Essa foi a maior campanha já feita em Goiás, isso mostra o quanto os goianos se empenharam em ajudar e marcar presença na vida de pessoas que estão em sofrimento”, ressaltou o governador Ronaldo Caiado.

Goiás já havia enviado 825 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul – totalizando 1.076 toneladas com o comboio desta quarta-feira. As doações são da colaboração com a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), a Saneago, a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), a Central Única das Favelas de Goiás (Cufa Goiás), o Comando de Operações da Defesa Civil, além de empresas privadas como transportadora Rit Log, o Grupo José Alves, a Ypê Mineradora e a Caramuru Alimentos.

Doações
Nesta remessa foram enviadas ao Rio Grande do Sul 1.450 cestas básicas, 10 mil litros de água, 30 colchões, 1.200 cobertores, 10 toneladas de itens de higiene e limpeza, 800 kits dormitórios, cinco toneladas de roupas, sete toneladas de ração animal e 241 filtros de água.

Caiado ressaltou a organização dos donativos. “Infelizmente vimos donativos chegando lá sem organização, sem a separação correta. Em todos os nossos comboios, tudo foi separado e identificado, para ajuda rápida”. Além de destacar o Mix do Bem, alimento rico em nutrientes produzido pelo Goiás Social e pela OVG, que proporciona uma alimentação balanceada e nutritiva, e que renda até 10 porções por pacote.

Atuação goiana
O Governo de Goiás enviou 28 militares do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBM-GO), enviados em duas equipes, para auxiliar no salvamento e apoio às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. As equipes já retornaram para Goiânia e em solo gaúcho realizaram mais de 252 salvamentos de pessoas e animais.

O Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) criou um gabinete de crise para coordenar as operações de ajuda às vítimas. Além disso, 59 integrantes das forças de segurança e salvamento goianas foram destacados para reforçar o trabalho de garantia da ordem pública e ajuda humanitária nas regiões afetadas pelas enchentes. Os policiais enviados pela Operação “Brasil É Um Só”, no dia 17 de maio, retornaram para a capital goiana nesta quarta-feira.

“Mais de 43 mil vidas foram salvas, graças às mãos de 650 bombeiros de 25 estados”, enfatizou Coronel Washington Luiz Vaz Júnior, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás e presidente da Ligabom. “Os goianos não fizeram diferente, enviamos homens, viaturas e o helicóptero da corporação, essencial para o resgate e salvamento de pessoas e animais”, pontuou.

O chefe do Executivo goiano destacou ainda que a bravura e coragem de todos os militares empenhados nas ações de salvamento no Rio Grande do Sul serão reconhecidas pelo Estado. “São pessoas que deixaram seus lares, familiares e foram enfrentar, talvez a maior adversidade que já se viu acontecer neste país. Um ato de amor ao próximo, é algo que tem de ser reconhecido”, afirmou Caiado.

Fotos: Lucas Diener

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15591