Clubes da Liga Forte são a favor da paralisação do campeonato brasileiro

Os clubes da Liga Forte União (LFU), incluindo Athletico-PR, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco, responderam à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apoiando a paralisação do Campeonato Brasileiro até 31 de maio devido à tragédia no Rio Grande do Sul. A LFU enfatizou a necessidade da medida como uma ação humanitária e justa.

A Liga enviou seu ofício à CBF após a confederação solicitar posicionamentos sobre a possível interrupção dos torneios nacionais devido à catástrofe no estado. A CBF havia enviado uma circular na sexta-feira pedindo respostas dos clubes após um ofício do Ministério do Esporte sugerindo a paralisação dos campeonatos.

Embora muitos clubes tenham inicialmente se manifestado contra a interrupção do Brasileirão, a maioria mudou de posição após considerações. A CBF, internamente, discutiu o tema e identificou problemas de calendário que tornariam inviável o adiamento dos torneios, já que isso se estenderia até 2025, ano da Copa do Mundo de clubes nos EUA, com Palmeiras, Flamengo e Fluminense.

Apenas os jogos dos times gaúchos foram adiados até o momento, tanto nos torneios nacionais quanto nos continentais (Copa Libertadores e Sul-Americana), envolvendo Grêmio e Internacional, respectivamente. Os clubes e entidades buscam alternativas para realocar as equipes do Estado em outras regiões do país, visando retomar suas atividades nos próximos dias.

As enchentes impactaram os estádios e centros de treinamento da dupla Gre-Nal, tornando necessária essa reorganização logística para garantir a continuidade dos torneios.

Fonte: Jovem Pan
Cidade Notícias Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15591