50 famílias recebem chaves das casas próprias em Jandaia

Vice-governador Daniel Vilela realizou a entrega das moradias construídas pelo Programa Pra Ter Onde Morar – Casas a Custo Zero

O Governo de Goiás entregou nesta sexta-feira (10/05) 50 unidades habitacionais em Jandaia, no Sul do estado. As moradias foram construídas por meio do Programa Para Ter Onde Morar – Casas a Custo Zero, gerido pela Agência Goiana de Habitação (Agehab) e pela Secretaria da Infraestrutura (Seinfra). “Condição de viver com suas famílias em tranquilidade e de criar suas crianças com maior segurança”, disse o vice-governador Daniel Vilela durante a solenidade de repasse das chaves aos novos moradores. Os beneficiários não tiveram que arcar com nenhum custo.

Daniel Vilela enfatizou a alegria de realizar o sonho da casa própria de 50 famílias. “Estamos muito felizes. São esses momentos que nos realizam. Será uma virada na página da vida de vocês”, afirmou ele aos contemplados. Ele acrescentou que o Governo de Goiás teve um “olhar municipalista” ao desenvolver o programa habitacional, pioneiro no Brasil por interiorizar a entrega de residências gratuitas. “O Governo criou esse programa com a determinação de construir casas nos pequenos municípios, para as pessoas ficarem onde estão suas origens, seus familiares”, declarou o vice-governador, que representava o governador Ronaldo Caiado.

A construção das moradias teve investimento de R$ 6,7 milhões do Governo de Goiás, por meio do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), com doação do terreno feita pela prefeitura de Jandaia. Até o momento, o estado já contratou mais de 7,6 mil unidades habitacionais em 145 municípios goianos. A meta é chegar a 10 mil unidades até o final de 2026. Com Jandaia, o número de moradias entregues chega a 1.365. São beneficiadas pessoas que ganham até um salário mínimo.

A ampliação do programa foi abordada em discurso pela prefeita Milena Lopes. “É motivo de alegria imensa entregar casas. Tenho certeza que são, hoje, 50 famílias beneficiadas, mas num futuro próximo, mais famílias serão beneficiadas. A Agehab já abriu cadastramento. Vamos cumprir as exigências para que, em breve, possamos receber novas casas”, detalhou.

O secretário da Infraestrutura, Pedro Salles, falou sobre a seleção dos beneficiários, “alcançados em um processo justo e democrático”. O chefe da pasta também destacou que as “as casas dão dignidade às famílias e proporcionam orgulho à cidade”.

Fim do aluguel
O casal Geraldo e Juceline foi um dos contemplados com uma moradia. O homem, que trabalha como diarista em fazendas da região, afirma que o momento foi “de muita emoção, porque nunca tive uma casa própria”. Os dois pagam R$ 400 de aluguel na cidade, “o que é muito puxado para nosso orçamento”, declarou a mulher, dona de casa. Os dois são pais de Ana Julia, João Gabriel e Denilson, de 10, 4 e 2 anos.

A família de Ana Carolina também está de casa nova. Ela conta que pagava, até então, R$ 600 de aluguel. “Agora, com esse dinheiro, quero investir na minha casinha, mobiliar e ter nosso cantinho bem bonito”, explicou. Ela vai morar com o marido, Adriano, que atualmente está desempregado, e os filhos, Breno, de 13 anos, e Noah, de 1 ano e 9 meses.

Com hérnia de disco, Carlene tem dificuldade de trabalhar como faxineira diariamente. Desde que se separou, ela mora com o pai, Benedito, para economizar. Agora, ela comemora ter seu próprio espaço. “É um sonho realizado, agora meu dinheiro vai dar para me manter em casa própria, sem preocupação”, disse ela.

Foto: André Costa

Vice-Governadoria – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15304