19º TeNpo começa nesta quinta-feira (4/4) reunindo 12 grupos de teatro, dança e circo

Mostra Nacional de Teatro de Porangatu tem 5 oficinas e 15 espetáculos programados até 7 de abril

O espetáculo “Dança Boba”, do Ateliê do Gesto (GO), abre oficialmente a 19ª edição do TeNpo – Mostra Nacional de Teatro de Porangatu, nesta quinta-feira (4/4), às 19h30, no Teatro Tatersal, em Porangatu. O evento segue até domingo (7/4). Durante quatro dias, a cidade deve receber cerca de cinco mil turistas de Goiás e Tocantins, segundo previsão da Secretaria Municipal de Turismo.

O TeNpo é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). A iniciativa tem correalização da Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE), e parceria da Secretaria da Retomada, Prefeitura de Porangatu, Goiás Social, Sesc Goiás e Academia Viking Cross.

Com investimento de R$ 2 milhões do Tesouro Estadual, o TeNpo tem em sua programação 5 oficinas e 15 espetáculos de dança, teatro e circo, performados por 12 grupos cênicos e artistas solo de Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro. Entre eles, destaque para o stand up do ator Eri Johnson, atração nacional que encerra o festival no dia 7 de abril.

Programa de abertura
No primeiro dia do evento (4/4), o espetáculo itinerante “Circo de Doisdo”, da companhia paulista Cia Pé de Cana, ocupa palco da Lagoinha, no Setor Sol Nascente, às 16h30. O Grupo Farândola Teatro-Circo (GO) também apresenta a montagem “A Orelha de Vicente”, às 17h30, no Teatro do Centro Cultural de Porangatu.

Escolhido para a abertura oficial do TeNpo, “Dança Boba” é um trabalho artístico que se baseia na construção de danças por meio de jogos de improviso originados no corpo de dois intérpretes. As danças ganham potência e dialogam com o público a partir da simplicidade, da construção poética desvelada em memórias, nostalgias, leveza, dramaticidade, ludicidade. A direção é de Daniel Calvet.

Atividades formativas
Como já é tradição no TeNpo, profissionais que têm trabalho nacionalmente reconhecido conduzem as oficinas do festival. As ações formativas dedicadas a toda a cadeia produtiva das artes cênicas se iniciam com a oficina “O ofício do ator”, conduzida pela atriz Cláudia Ohana (RJ), no Teatro do Centro Cultural de Porangatu. Também residente no Rio de Janeiro, a bailarina, coreógrafa e educadora Clara da Costa ministra a oficina “O Corpo no Teatro Musical” na Academia Vikings Cross.

Para pessoas interessadas em dança contemporânea, o coreógrafo e bailarino Kleber Damaso oferece o workshop “Dança – A roda como produtora de alegrias”. A atriz e diretora Izabela Nascente traz uma introdução às práticas do Teatro do Objeto e do Cinema, na atividade “Formas animadas para o audiovisual”. A atriz Rosane Christina de Oliveira se propõe a investigar o jogo em suas relações possíveis do Teatro com a filosofia, sociologia, antropologia, psicologia e várias possibilidades de estudos, na oficina Jogos Teatrais.

Serviço
Assunto: Abertura oficial da 19ª TeNpo – Mostra de Teatro Nacional de Porangatu
Quando: 4 de abril de 2024 (quinta-feira), às 19h30
Onde: Teatro Tatersal

Demais atrações do dia:
16h30 – Espetáculo “Circo de Doisdo”, da Cia Pé de Cana (SP), no Setor Sol Nascente
17h30 – Espetáculo: “A Orelha de Vicente”, do Grupo Farândola Teatro-Circo (GO), no Teatro do Centro Cultural de Porangatu

Fotos: Lu Barcelos e Tanaka Photography

“Circo de Doisdo” também está na agenda do primeiro dia de evento

Secretaria de Estado da Cultura – Governo de Goiás

Compartilhe seu amor
Alan Ribeiro
Alan Ribeiro

Alan inicia seus trabalhos com o único objetivo, trazer a todos informação de qualidade, com opinião de pessoas da mais alta competência em suas áreas de atuação.

Artigos: 15228