ANUNCIEAQUI01
IMG-20220513-WA0142
Goiás Solidariedade

Agehab beneficia mais de 1.300 famílias durante quinta edição do Mutirão Governo de Goiás

ANUNCIEAQUI01
Famílias beneficiadas pelas modalidades Aluguel Social e Escritura na terceira edição do Mutirão Governo de Goiás

Mil famílias recebem cartões do programa Aluguel Social e 303 beneficiários assinam suas escrituras durante a quinta edição do Mutirão Governo de Goiás, neste sábado (14/05) e domingo (15/05), no Conjunto Vera Cruz II, em Goiânia

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) participa da quinta edição do Mutirão Governo de Goiás com a convocação de 1.000 famílias para entrega dos cartões do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, além da assinatura de 303 escrituras de moradias de vários bairros da capital pelo programa Pra Ter Onde Morar – Escritura. Os atendimentos de habitação serão realizados no sábado (14/05) e no domingo (15/05), na Avenida Argentina Monteiro, conjunto Vera Cruz II, Região Oeste de Goiânia. No sábado, o horário será das 8 às 16 horas e no domingo das 8 às 12 horas.

Desde o início do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, essa é a quinta convocação de entrega de cartões para os goianienses e a terceira durante os mutirões. Os beneficiários convocados para o evento passaram por etapas de avaliação de encaixe nos critérios sociais do programa e também de comprovação da situação socioeconômica com a apresentação de documentação. Durante as cinco edições do Mutirão Governo de Goiás realizadas até agora, 3.500 famílias foram convocadas para a entrega em Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Já a assinatura das escrituras contempla moradores de diversos bairros da capital, entre eles Chácara do Governador (2), Boa Vista (11), Bairro da Vitória (16), Conjunto Primavera (21), Bairro Floresta (8), Jardim Curitiba (71), Madre Germana II (66), Real Conquista (66), São Carlos (9), São Domingos (7) e Vila Mutirão (26). Trata-se de um total de 303 documentos que serão entregues, em breve, para as famílias sem nenhum custo.

Para o presidente da Agehab, Pedro Sales, entregar soluções e resolver os principais problemas sociais da população deve ser a vocação de todos os governos. “As pessoas estão cansadas de promessas e de verem os anos passarem e os governos não resolverem problemas históricos. Estamos mudando a história de Goiás com programas eficientes e que ajudam verdadeiramente a população. O governador Ronaldo Caiado está melhorando a vida das pessoas e é gratificante fazer parte disso”.

Dados do estudo “Déficit Habitacional com base no CadÚnico” do Instituto Mauro Borges (2020) revelam a importância do programa Pra Ter Onde Morar. Goiânia é a cidade no Estado que mais possui famílias em situação de déficit. De um total de 24.344 famílias, 23.333 estão nessa condição devido ao ônus excessivo com aluguel.

Modalidades

A modalidade Pra Ter Onde Morar – Escritura consiste no programa de regularização fundiária do Governo de Goiás e é executado pela Agehab e vários parceiros envolvidos nas etapas do processo de confecção da escritura. O documento é entregue sem nenhum custo para as famílias que residem em áreas de domínio do Estado e que aguardam pela posse definitiva dos imóveis.

Já o Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, criado no final de novembro, oferece auxílio mensal de R$ 350, por 18 meses, para famílias em vulnerabilidade financeira e que não tenham moradia própria. O programa já chegou a 49 municípios em diferentes fases de execução e segue em expansão. A meta do Governo de Goiás é chegar a pelo menos 30 mil beneficiários em todo o Estado. As inscrições continuam abertas em vários municípios e podem ser feitas pelo site www.agehab.go.gov.br.

Fotos: Octacilio Queiroz

Serviço

  • Assunto: Agehab entrega benefícios durante a 5ª edição do Mutirão Governo de Goiás
  • Quando: Sábado (14/05), das 8 às 16 horas, e domingo (15/04), das 8 às 12 horas
  • Onde: Avenida Argentina Monteiro, Conjunto Vera Cruz II, Goiânia (GO)

 

Agência Goiana de Habitação – Governo de GoiásIMG-20220513-WA0144 IMG-20220513-WA0143 IMG-20220513-WA0141

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.