ANUNCIEAQUI01
Prisao-estelionatarios-1
Policial

Presos em Goiás estelionatários que se passavam por autoridades de Santa Catarina

ANUNCIEAQUI01

na mira

 

Os mandados foram cumpridos em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo, Trindade e Abadia de Goiás. As 8 pessoas presas em Goiás estavam envolvidas nesse golpe, desde o autor das mensagens aos donos de contas beneficiadas

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), cumpriu, na manhã desta quarta-feira (27), 14 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de prisão preventiva. A ação é uma parceria com a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina, que coordena investigação sobre organização criminosa voltada à prática de estelionatos.

De acordo com as investigações, iniciadas em julho do ano passado, os criminosos se passavam por autoridades de Santa Catarina a fim de obterem vantagens ilícitas. Para tanto, eles se passavam por promotores de Florianópolis para tentar conseguir verba de prefeituras catarinenses, supostamente, para custos com viagem, como locomoção e hospedagem. Duas das prefeituras chegaram a programar a transferência, mas o banco conseguiu cancelar o envio antes do prejuízo financeiro.

Em outro caso, uma desembargadora federal aposentada de Santa Catarina teve prejuízo de R$ 15 mil, ao realizar uma transferência para os golpistas, pensando estar repassando o valor para um filho. As 8 pessoas presas em Goiás estavam envolvidas nesse golpe, desde o autor das mensagens aos donos de contas beneficiadas.

Os mandados foram cumpridos em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo, Trindade e Abadia de Goiás.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.