Celebridades Entretenimento

Morre o ator Tarcísio Meira, aos 85 anos, vítima de Covid-19

IMG-20210812-WA0120

Ele estava internado desde o dia 6 de agosto, quando precisou ser intubado

Dia triste para a cultura brasileira. O ator Tarcísio Meira morreu nesta quinta-feira (12/8), aos 85 anos, vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 6 de agosto, quando precisou ser intubado. Apesar do tratamento, o artista não resistiu.

Tarcísio Pereira de Magalhães Sobrinho nasceu em 5 de outubro de 1935 e estreou na TV em 1959. Ao lado de sua esposa, Glória Menezes, estrelou a primeira novela diária brasileira, 2-5499 Ocupado, na extinta TV Excelsior, em 1963. Cinco anos depois, foi contratado pela Globo, de onde saiu em 2020, após 53 anos de relação com a emissora.

Um de seus papéis mais marcantes foi João, de Irmãos Coragem, em 1970. Na década seguinte, Renato Villar de Roda de Fogo também fez sucesso. Em 1988, estrelou um seriado com a mulher, que levava o nome do casal. Já em 1990, protagonizou Araponga, como Aristênio Catanduva.

Também se destacam Raul Pelegrini, de Pátria Minha (1994); Giuseppe Berdinazzi, de O Rei do Gado (1996); João Medeiros, de Um Anjo Caiu do Céu (2000); o Bóris, de O Beijo do Vampiro (2002); e o Tide, de Páginas da Vida (2006). Na TV, o papel mais recente foi o do Lorde Williamson, de Orgulho & Paixão (2018). Tarcísio também passou pelo cinema, tendo feito pelo menos 19 papéis nas telonas.

A trajetória justifica a avalanche de prêmios a que foi indicado ao longo da vida — incluindo o Troféu Imprensa e o da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Foram pelo menos 15 prêmios como melhor ator – conquistados entre 1973 e 2021.

Vida pessoalIMG-20210812-WA0119

Tarcísio passou quase 60 anos de sua vida casado com Glória Menezes, com quem teve seu único filho, o também ator Tarcísio Filho. Ele também é padrasto de João Paulo e Maria Amélia, filhos que Glória teve no primeiro casamento. O casal de artistas era reconhecido por ter uma das uniões mais sólidas do meio artístico.

Glória também foi internada com a doença, mas seu quadro evoluiu com menos gravidade e ela não precisou ser intubada. A veterana e o marido chegaram a receber as duas doses da vacina contra o coronavírus.IMG-20210812-WA0121

 

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar