Ipameri Meio Ambiente

Prefeitura de Ipameri lançou nesta segunda o Projeto Virada Ambiental

FB_IMG_1606152681681

A Prefeitura Municipal de Ipameri, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, realizou nesta segunda-feira (23), em Parceria com a Universidade Estadual de Goiás – Câmpus Ipameri e a 23° Companhia de Engenharia e Combate, o Lançamento do Projeto VIRADA AMBIENTAL no município – 2020, com o plantio de mudas nativas em uma área de nascente degradada, localizada na Fazenda Mara, popularmente conhecida como (Pesque Pague Fazendinha). O Projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Ipameri, com apoio do Governo Estadual, UFG, UEG, AGM, FGM, e tem como objetivo realizar anualmente o plantio de 1.000 mudas em áreas degradadas, principalmente de nascentes do manancial de abastecimento público. Com o mesmo objetivo, outras propriedades também serão atendidas pelo projeto de reflorestamento.
Durante a solenidade de abertura, a Prefeita de Ipameri Daniela Vaz Carneiro agradeceu a parceria da 23ª Cia. Eng. E Combate e destacou o amplo trabalho realizado pela Prefeitura de Ipameri, por meio da Secretaria do Meio Ambiente durante os 8 anos de sua gestão, proporcionando o plantio de 20.000 mudas, na área urbana de Ipameri e nós  Distritos de Domiciano Ribeiro e Cavalheiro, bem como em projetos de recuperação de nascentes e áreas degradadas na zona rural. Além do plantio, a Prefeitura de Ipameri promoveu a doação de cerca de 30.000 mudas de espécies nativas e frutíferas de forma totalmente gratuita a população durante o mesmo período.
E para marcar o dia D da Conscientização Ambiental, a SEMMA durante os dias 24 e 26 de novembro fará a doação agendada de mudas nativas a população ipamerina.
Aos interessados deverão entrar em contato através do número 64-98439-4182 por WhatsApp ou através de ligação para agendamento.FB_IMG_1606152665455 FB_IMG_1606152668680 FB_IMG_1606152677427

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar