ELEIÇÕES 2020 Ipameri

PORQUE EMPRESAS DE CANDIDATO A PREFEITO PELO DEMOCRATAS NÃO ESTÃO DECLARADAS PARA A JUSTIÇA ELEITORAL?

IMG_20200903_204158_562

De três supermercados que Barto diz ter, apenas um está declarado à justiça eleitoral.

O candidato a prefeito pelo partido Democratas de Ipameri, Barto do Verônica, canta aos ventos e se declara empresário, dono dos supermercados veronica em Ipameri e no Distrito de Domiciano Ribeiro, mas quando consultamos sua declaração de bens obrigatória à justiça eleitoral, verificamos que apenas as cotas de uma delas é declarada por Barto, como pode ser verificado no site de divulgação de candidaturas do TSE, no endereço eletrônico:

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/candidato/2020/2030402020/93971/90000821080/bens.

Será que as outras não são do candidato?
Será que Barto tem algum problema que o impede de colocar as empresas em seu nome?
Será que Barto está escondendo bens da justiça eleitoral?
Será algum tipo de artimanha para pagar menos ou não pagar impostos?

Essas e outras tantas perguntas estão sem respostas. O “patrão” Bartolomeu Honório, chefe de má fama entre seus empregados, que é apontado pela maioria deles como mal educado, arrogante e do nariz empinado, que passa pelos empregados e nem os cumprimenta no dia a dia das empresas, esse patrão parece ter muito mais segredos do que se pensa. O empresário que não é de direito dono de suas empresas deixa a comunidade pensativa de como seria sua atuação como prefeito, caso eleito. Será que seriam suas ações omitidas da lei e da justiça, como são suas empresas?

Perguntas surgem, respostas não são dadas. Fica, de tudo, apenas uma certeza: Tem algo muito estranho no ar.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar