Opinião

O voto é instrumento de transformação e em Ipameri esse potente instrumento fez grandes transformações

FB_IMG_1583960200576

O VOTO É INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO E EM IPAMERI ESSE POTENTE INSTRUMENTO FEZ GRANDES TRANSFORMAÇÕES NOS ÚLTIMOS 8 ANOS.

Com uma equipe forte, coesa, comprometida e competente, a prefeita Daniela fez dezenas de obras sociais e físicas.

O voto popular, livre e comprometido, mudou os rumos de Ipameri nos últimos anos, desde a eleição da prefeita Daniela em 2012 que Ipameri experimenta um processo de transformação inimaginável até pouco tempo, com foco nas pessoas, no ser humano, na humanização da gestão pública, Daniela e sua equipe fizeram inúmeras obras físicas e, principalmente, inúmeras obras sociais; Quadras, praças, pavimentação, bloqueteamento, pontes na zona rural e na cidade, unidades de saúde, máquinas adquiridas, veículos, casa da mulher, parque ecológico, calçadas… Tudo foi objeto de ação, muito foi feito, muito está sendo feito e muito tem por ser feito.
Pensando na continuação do trabalho, pensando em continuar fazendo obras estruturantes e, em especial, pensando em continuar cuidando das pessoas que o povo de Ipameri escolhe e acolhe Janinho Pacheco e Iraneide, a continuidade da Daniela e juntos com a própria Daniela.
Com esse cenário de transformação e de humanização o povo define. Acreditando no trabalho feito a equipe de Daniela defende o legado de desenvolvimento econômico e social realizado por essa equipe. O povo, que recebe sempre o primeiro olhar da atual administração, olhar carinhoso de uma prefeita lutadora e humana, o povo diz: Quero continuar experimentando esse cuidado e esse processo de desenvolvimento, quero continuar no rumo certo e o voto é o meu instrumento.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar