Política

Bolsonaro confirma Nunes no STF, ironiza Moro e promete evangélico em 2021

Bolsonaro-e-Kassio

Presidente minimiza  críticas que radicais bolsonaristas têm feito à escolha por ser ‘comunista, socialista, petista’ e ter liberado lagostas para a corte.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, em live na rede social na noite desta quinta-feira, 1º, que vai indicar o desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal, que será aberta com a aposentadoria de Celso de Mello no dia 13 de outubro.

“Sai publicado no Diário Oficial amanhã”, disse. Ele  afirmou  afirmou que tinha “uns dez currículos” em mãos, mas optou por Nunes “Tinha alguns excelentes currículos, mas gente com quem nunca tinha conversado. Não vou apostar numa pessoa só com currículo, tem que ter algum contato a mais comigo ao longo do tempo”, afirmou.

Fonte Revista Veja

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar