Artigo

Júlio Páscoal: Os Falsos Profetas

images (8)

De tempos em tempos surgem nas religiões os falsos profetas, pregando o que no dia a dia não fazem, ludibriando as pessoas que fazem das suas palavras, o caminho para se aproximar de Deus.

A religião conforta os cidadãos e lhes dão forças para seguir seus caminhos, que normalmente não são fáceis, aja vista os espinhos colocados a frente de todos nós.
A um ano nos deparamos com os problemas relacionados a um líder espiritual, que usou da fé das pessoas para cometer atos ilícitos contra elas mesmas, principalmente em momentos de muita fragilidade pessoal.
Nessa semana veio tona denúncias, contra um líder católico, que pelas evidências trazidas pelos veículos de comunicação, nos choca, já que os recursos encaminhados a AFIPE, associação por ele presidida, vem de todo o país, em sua maioria de pessoas, que as vezes não tem o que comer, mas que abrem mão dessa condição, em nome de sua fé, porque querem ver um templo bonito e que possa acolher a todos os fiéis, independente da condição social, raça e gênero.
Quando se prega o que não se pode cumprir cria-se um hiato, entre a verdade e a fé, o que não é bom para as entidades religiosas e muito menos para os fiéis, que depositam todas suas crenças, nos atos daqueles que os lideram.
O homem ao falar em nome de Deus, precisa se desprender das benesses da vida material. Liderar massas como fez Jesus Cristo, não é para qualquer um, por isso a importância de fazer uma profunda reflexão se esse é mesmo o caminho que quer trilhar.
A esperança de um “Povo”, está na fé que o alimenta e nada pode abalar essa convicção, principalmente o comportamento de um falso profeta.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar