Entretenimento Ipameri

Cinema de Ipameri agoniza

IMG-20200114-WA0019

O prédio construído para abrigar o Cine Teatro Estrela, na cidade de Ipameri está agonizando. Com as instalações totalmente em ruínas.

O prédio construído especialmente para abrigar o Cinema, que recebeu o nome de Cine Teatro Estrela, era majestoso, lindo, moderno, acolhedor, confortável. As bilheterias na entrada, salão com poltronas confortáveis, corredores amplos, som a toda prova. O filme de estréia foi Prisioneiro de Zenda, na versão de 1952. Ainda tinha um aconchegante balcão com poltronas pulmam, tipo sofá, era uma espécie de camarote para pessoas importantes, o preferido dos namorados. Era a maior atração da cidade, filmes aruaus, grandes produções, filmes de Mazzaropi, Ankito, Oscarito, também sucessos como O Menino da Porteira e Ben-Hur. No teatro foi palco de peças vindas do Rio de Janeiro e São Paulo, além de shows com cantores importantes da época: Francisco Carlos, Emilinha Borba e vários humoristas.

Infelizmente o tempo e o abandono depois que o Cine Teatro Estrela ficou após o encerramento das suas atividades fez com que grande parte do telhado desejasse e existe o risco iminente de que as paredes venha abaixo devido às intempéries do tempo.

Abaixo um vídeo produzido pela Média Studio:

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar