Cidades Ouvidor

CARTÃO DIGNIDADE | Mais famílias são beneficiadas em Ouvidor

FB_IMG_1574861220625

A Prefeitura de Ouvidor promoveu hoje (25) mais uma etapa de entrega do Cartão Dignidade. A quinta, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social. Administrado pela secretaria de Ação Social, o programa substitui a Cesta Básica.

Em mais uma noite, o Clube Municipal ficou lotado de famílias, autoridades, entre elas o prefeito Onofrim e a primeira dama, Vivian Felício, vereadores e secretários.

O cartão, além de substituir a Cesta Básica, que era entregue nas casas dos beneficiados, ele dá oportunidade de livre compra, quer dizer: a família vai ao estabelecimento credenciado de Ouvidor e escolhe o que quer comprar. Segundo Vivian Felício, a necessidade no momento pode não ser arroz ou feijão e sim, algo para as crianças, por exemplo. O cartão dá liberdade de compra.

Além de livre escolha, o cartão aquece a economia da cidade, fazendo o dinheiro girar no comércio local.

“Trabalhamos por sete anos para que esse cartão chegasse até vocês. Da primeira vez que entregamos, a emoção tomou conta da gente e hoje não é diferente”, disse o prefeito ao explicar que cada cartão tem o saldo de $100. “Vocês vão procurar nos supermercados, mercados de Ouvidor aquilo que melhor vai encaixar na sua casa”. Com o dinheiro, de acordo com ele, a família poderá adquirir uma cesta básica de boa qualidade.FB_IMG_1574861233630 FB_IMG_1574861229980 FB_IMG_1574861245459 FB_IMG_1574861242200 FB_IMG_1574861204177 FB_IMG_1574861248187 FB_IMG_1574861210792 FB_IMG_1574861206728 FB_IMG_1574861225414 FB_IMG_1574861220625

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar