Religião

Orar seguindo o exemplo de Jesus

images (15)

 

“De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando.” (Marcos 1:35)

Não só Jesus nos manda orar, mas Ele também nos deixou um exemplo de oração.

Jesus estava constantemente orando.

Assim como Ele andou em nosso planeta, respirado nosso ar como Deus em forma humana, Ele também sentiu a necessidade de estar em constante comunhão com o Pai.

Na verdade, não era incomum ver Jesus orando enquanto Seus discípulos estavam dormindo.

Quando Ele alimentou cinco mil pessoas, olhou para o céu e pediu a bênção de Deus sobre a comida.

O Evangelho de Mateus nos diz que as mães levavam seus filhos a Jesus para que Ele pudesse colocar as mãos sobre elas e orar por elas.

Quando Ele ressuscitou Lázaro dentre os mortos, falou primeiramente ao Pai, dizendo: “Pai, eu te agradeço porque me ouviste e ter me proporcionado esse momento.

Eu sabia que sempre me ouves, mas disse isso por causa do povo que está aqui, para que creiam que tu me enviaste.” (João 11:41-42).

Então Jesus gritou: “Lázaro, vem para fora!” Sabemos que enquanto estava no Getsêmani, Ele orou: “Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres” (Mateus 26:39).

Quando Ele estava pendurado na cruz do Calvário a primeira coisa que disse foi: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo” (Lucas 23:34).

E mais tarde Ele orou: “Meu Deus, Meu Deus, por que me abandonaste?” (Mateus 27:46).

O que quero dizer é que, se Jesus sentiu a necessidade de orar constantemente, que diremos de nós?

Se você quer crescer espiritualmente, orar deve ser uma parte vital e constante de sua vida.

Ore o tempo todo.

Ore sobre todas as coisas.

Jesus nos deu o exemplo para seguir.

Então, também precisamos ser pessoas de oração.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar