Policial

PF combate tráfico internacional de drogas

22bf971a-6cf5-48f9-b91f-43d81727fbd8

Operação Ozark-Narco cumpre 50 mandados judiciais em quatro estados e no Distrito Federal

Goiânia/GO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (4/9) a Operação Ozark-Narco, com objetivo de desarticular grupo criminoso que atuava no tráfico internacional de drogas e que contava com apoio de ex-prefeito do interior do Estado de Goiás.

Cerca de 130 policiais federais estão dando cumprimento a 50 mandados judiciais expedidos pela 5ª Vara Federal de Goiás, sendo 25 mandados de prisão e 25 mandados de busca e apreensão, nos estados de Goiás, São Paulo, Pará, Minas Gerais e no Distrito Federal.

São alvos desta operação pessoas ligadas a um dos maiores traficantes do país, que, mesmo estando atualmente cumprindo pena em regime semiaberto, coordenava a internalização da cocaína dos países produtores, por meio de pequenos aviões, utilizando o Estado de Goiás como ponto de armazenamento do carregamento e apoio do grupo para posterior envio da droga à Europa, juntamente com cargas lícitas despachadas em containers em navios.

De acordo com as investigações, iniciadas no começo do corrente ano, o grupo criminoso foi responsável pelos recentes envios de carga de cocaína para países da Europa pelos dos portos de Santos e Itajaí. Apurou-se que o dinheiro oriundo do crime era investido na aquisição de empresas dos mais variados ramos comerciais, na tentativa de dar aparência lícita ao dinheiro obtido com os lucros do tráfico de drogas.

Os investigados responderão por tráfico internacional de drogas, cuja pena máxima pode alcançar 25 anos, sem prejuízo de demais implicações penais ao final das investigações.

Comunicação Social da Polícia Federal em Goiás

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar