Ipameri Policial

4 ocorrências movimentaram a 40a. CIPM

images

A Polícia Militar da 40a. CIPM teve uma noite com movimento acima da média neste sábado para domingo,  confira os registros: (Fonte PM)

ACIDENTE DE TRÂNSITO SEM VÍTIMA

RAI N° 11759204

Acionados pelo Copom, fomos informados que um acidente de trânsito havia ocorrido no endereço da ocorrência acima qualificado. Deslocamos até o local da ocorrência e entramos em contato com o envolvido, Fariam Elias Lopes, o qual nós relatou os seguintes fatos: estava com seu veículo um VW gol de cor branca estacionado na rua três em frente ao número 84 na vila Peixoto, no sentido vila Romeu de Carvalho/ Centro, quando um outro veículo um Fiat Palio de cor prata numeração 1114 em suas placas, chocou-se na traseira de seu veículo. Sendo que o envolvido desconhecido, evadiu do local e tomou direção e paradeiro não localizado. Do acidente restou danos materiais de média monta ao vw Gol, conforme fotos em anexo. Face ao ocorrido realizamos patrulhamentos nas proximidades e em locais de possível localização, no entanto não obtemos êxito. Em seguida orientamos o envolvido sobre as possíveis providências a serem tomadas. Bem como, registramos o presente R.A.I para os devidos efeitos de fato e direito.

SGT WISLEY
SGT REINALDO
SD BUENO

Lesão corporal

RAI: 11764009

A equipe durante patrulhamento foi abordada pela comunicante, onde segundo a mesma a filha teria sido agredida em uma festa que estava ocorrendo na boate alquimia. Em conversa com a vítima, a mesma relatou a equipe que estava em uma festa na boate alquimia, quando a ex namorada de seu afeto a encontrou no banheiro e veio a agredi-la com o um copo de acrílico, causando as lesões descritas no relatório médico em anexo. Deste modo, pelas informações apresentadas a equipe foi confecionado o presente RAI para fins legais, e a vítima orientada sobre os procedimentos legais cabíveis e a equipe se colocou à disposição da mesma. Foi realizado patrulhamento na tentativa de se localizar a autora conduto sem sucesso, sendo que até o fechamento da presente ocorrência a mesma ainda não havia sido localizada.

FURTO

RAI: 11761309

A EQUIPE RECEBEU INFORMAÇÃO VIA COPOM, QUE NO LOCAL SUPRACITADO TERIA OCORRIDO UM FURTO DE UMA MOCHILA. DE PRONTO, A EQUIPE SE DESLOCOU ATÉ O LOCAL E NO MESMO CONVERSOU COM A VITIMA. ESTA INFORMOU A EQUIPE QUE ESTAVA JOGANDO SINUCA E QUANDO SE DEU POR CONTA PERCEBEU QUE SUA MOCHILA SEM MARCA DE COR AZUL TINHA SIDO FURTADA. INDAGADA A VÍTIMA SOBRE QUEM PODERIA TER PRATICADO O FURTO, ESTA INFORMOU QUE O BAR ESTAVA BASTANTE CHEIO E QUE NÃO FAZIA IDÉIA DE QUEM PODERIA TER FURTADO A MESMA. AFIRMOU AINDA QUE NA MOCHILA HAVIA ROUPAS DE PASSEIO E UM PERFUME. DIANTE DOS FATOS APRESENTADOS, O MESMO FOI ORIENTADO Q REALIZAR O REGISTRO NA POLICIA CIVIL, SENDO REALIZADO O REGISTRO DO PRESENTE RAI PARA FINS LEGAIS. RESSALTA-SE QUE FOI REALIZADO PATRULHAMENTO NAS IMEDIAÇÕES NA TENTATIVA DE ENCONTRAR ALGUM INDIVIDUO USANDO A MOCHILA, CONTUDO, DEVIDO À FALTA DE INFORMAÇÕES A BUSCA FOI INFRUTIFERA ATÉ O FECHAMENTO DO PRESENTE RAI.

LESÃO CORPORAL (Urutaí)

RAI: 11765167

COMPARECEU NA SEDE DO 2º PELOTÃO PM DE URUTAÍ, A VÍTIMA N.R. F., O QUAL NOS INFORMOU QUE ESTAVA RETORNANDO COM SEU VEÍCULO DE UMA FESTA NA ZONA RURAL, QUANDO DEPAROU COM UMA CARROÇA PARADA NO MEIO DA ESTRADA, IMPEDINDO SUA PASSAGEM, QUE PAROU SEU VEÍCULO E AO PEDIR PARA O AUTOR, ” RESPONSÁVEL PELA CARROÇA” QUE TIRASSE ELA DO MEIO DA ESTRADA, PORQUE QUERIA PASSAR, ELE RECUSOU E AINDA PARTIU EM SUA DIREÇÃO COM UMA FACA COM INTUITO DE LHE FERIR , SENDO QUE A FACA ATINGIU SUA ORELHA ESQUERDA CAUSANDO FERIMENTO, CONFORME RELATÓRIO MÉDICO EM ANEXO. DEVIDO EM URUTAÍ NÃO TER PLANTÃO MÉDICO, A VÍTIMA DESLOCOU COM MEIOS PRÓPRIOS PARA CIDADE DE PIRES DO RIO PARA RECEBER ATENDIMENTO MÉDICO. REALIZAMOS PATRULHAMENTOS COM OBJETIVO DE ENCONTRAR O AUTOR, PORÉM ATE O ENCERRAMENTO DESTA OCORRÊNCIA, NÃO FOI POSSÍVEL LOCALIZÁ-LO.

EQUIPE:

SGT MARTINS
SD VASCONCELOS
Polícia Militar do Estado de Goiás
_161 anos fazendo parte da sua história.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar