Policial

PF realiza terceira fase da Operação Decantação, que apura irregularidades na Saneago

WhatsApp-Image-2019-03-28-at-09.48.21

Órgão cumpre 3 mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em Goiânia e Inhumas.

A Polícia Federal realiza a terceira fase da Operação Decantação nesta quinta-feira (4). De acordo com o órgão, estão sendo cumpridos três mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em Goiânia e Inhumas. A ação, conforme a PF, investiga a existência de uma organização criminosa na Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) que seria especializada em fraudes de licitação.

Em outras fases, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do ex-governador José Eliton e chegou a prender ex-gestores da estatal, além de pessoas que seriam sócias de empresas favorecidas pelo esquema. Todas foram soltas dias depois por determinação da Justiça.

Na Operação Decantação 3, participam 60 policiais federais. A PF também determinou o afastamento de dois servidores da Saneago.

Além das pessoas físicas, também são investigadas na terceira fase 11 empresas que prestaram serviços à Saneago. De acordo com a PF, elas são suspeitas de fraudar ao menos oito licitações em modalidades conhecidas como Carta Convite, além de 83 contratações feitas pela modalidade de dispensa de licitação, todas entre os anos de 2012 e 2018.

Investigação

Conforme a PF, o material apreendido na primeira fase da Decantação apontou que foram criadas empresas de fachada para participar das licitações. O resultado desses processos, eram, segundo a corporação, “fruto de ajustes entre os empresários participantes”.

As investigações apontam que apenas quatro empresas realizaram 61 obras em Goiás entre 2012 e 2018.

Fonte G1

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar