Entretenimento

“Green Book: O Guia” ganha Oscar; leia a lista completa de vencedores

Green-Book-01-868x600

Longa-metragem levou 3 estatuetas

Produção retrata racismo nos EUA – Bohemian Rhapsody ganhou 4 prêmios

“Green Book: O Guia” foi escolhido como melhor filme na 91ª edição do Oscar realizada neste domingo em Los Angeles, nos Estados Unidos. A produção do diretor Peter Farrelly ganhou 3 estatuetas: melhor filme, melhor ator coadjuvante e melhor roteiro original.

O longa-metragem conta a história real da amizade entre o pianista negro Don Shirley e seu motorista Tony Lip na década de 1960 nos Estados Unidos. A trama começa a partir do momento que Lip, branco e extremamente racista, é contratado pelo artista para levá-lo pelo sul norte-americano em uma turnê musical.

“Bohemian Rhapsody” foi o maior premiado da noite, com 4 estatuetas nas categorias de melhor ator, edição, edição de som e mixagem de som. “Pantera Negra” e “Roma” ganharam 3 cada.

Eis a lista das 24 categorias da premiação com os vencedores em negrito:

MELHOR FILME

  • Green Book: o guia.

ATOR

  • Rami Malek (Bohemian Rhapsody).

ATRIZ

  • Olivia Colman (A Favorita).

DIRETOR

  • Alfonso Cuarón (Roma).

ATRIZ COADJUVANTE

  • Regina King (Se a rua Beale falasse).

TRILHA SONORA ORIGINAL

  • Pantera Negra.

ATOR COADJUVANTE

  • Mahershala Ali (Green Book: o guia).

ROTEIRO ADAPTADO

  • Infiltrado na Klan.

ROTEIRO ORIGINAL

  • Green Book: o guia.

EDIÇÃO

  • Bohemian Rhapsody.

FOTOGRAFIA

  • Roma.

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • Roma.

MELHOR ANIMAÇÃO

  • Homem-Aranha no Aranhaverso.

CANÇÃO ORIGINAL

  • Shallow (Nasce uma estrela).

FIGURINO

  • Pantera Negra.

CURTA-METRAGEM

  • Skin.

EDIÇÃO DE SOM

  • Bohemian Rhapsody.

MIXAGEM DE SOM

  • Bohemian Rhapsody.

CURTA DE ANIMAÇÃO

  • Bao.

DIREÇÃO DE ARTE

  • Pantera Negra.

EFEITOS VISUAIS

  • O primeiro homem.

MAQUIAGEM E PENTEADO

  • Vice.

DOCUMENTÁRIO

  • Free Solo.

DOCUMENTÁRIO CURTA-METRAGEM

  • Period. End Of Sentence.

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO E FATURAMENTO

O evento não teve 1 apresentador oficial pela 1ª vez nos últimos 30 anos. Os 8 filmes indicados à principal categoria arrecadaram, juntos, US$ 2,9 bilhões em bilheteria até 20 de fevereiro.

Apesar de ter registrado queda de 19% na audiência em 2018, o Oscar continua sendo 1 evento atraente para os anunciantes nos Estados Unidos, perdendo apenas para o Super Bowl no ranking de produtos televisivos que mais faturam com publicidade.

O preço cobrado para a exibição de 1 comercial de 30 segundos no intervalo da cerimônia foi de US$ 2,2 milhões.

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar