Mundo

Todos os meninos e o técnico são retirados de caverna na Tailândia

THA - TAILÂNDIA/CAVERNA - INTERNACIONAL - Reprodução de imagem da página do   Facebook da Marinha da Tailândia dos   meninos presos em uma caverna na   Tailândia.  Os 12 meninos e seu técnico   de futebol presos em uma caverna no   norte da Tailândia não devem ser   retirados do local ao mesmo tempo,   informou o governador da província de   Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn,   ontem, 4. A remoção de cada um vai   depender de seu estado de saúde. "Os 13   não devem sair ao mesmo tempo. Se um   deles estiver 100% pronto, com as   condições corretas (de saúde), poderá   sair", disse Narongsak.   04/07/2018 - Foto: ASSOCIATED PRESS/Marinha da Tailândia/Facebook/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
THA - TAILÂNDIA/CAVERNA - INTERNACIONAL - Reprodução de imagem da página do Facebook da Marinha da Tailândia dos meninos presos em uma caverna na Tailândia. Os 12 meninos e seu técnico de futebol presos em uma caverna no norte da Tailândia não devem ser retirados do local ao mesmo tempo, informou o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn, ontem, 4. A remoção de cada um vai depender de seu estado de saúde. "Os 13 não devem sair ao mesmo tempo. Se um deles estiver 100% pronto, com as condições corretas (de saúde), poderá sair", disse Narongsak. 04/07/2018 - Foto: ASSOCIATED PRESS/Marinha da Tailândia/Facebook/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Operação de resgate foi concluída em três dias e foi considerada um sucesso pelas autoridades locais

Os 12 garotos integrantes de um time de futebol e o seu técnico foram retirados com sucesso de uma caverna inundada no norte da Tailândia. Eles ficaram presos no local por 17 dias e a operação de resgate foi encerrada.

Mergulhadores iniciaram, na manhã desta terça-feira (10/7), a terceira fase da operação que retirou quatro meninos e o treinador. Nas duas operações anteriores, realizadas no domingo (8) e na segunda (9), oito dos jovens foram retirados com sucesso. Eles seguem internados em um hospital local, em bom estado de saúde. A maior preocupação agora é com possíveis infecções devido às condições precárias em que eles viveram nos últimos dias.

A operação envolveu 19 mergulhadores. Um médico e três membros da força de elite da marinha tailandesa (SEALs) que ficaram na caverna para acompanhar os meninos também devem sair ainda nesta terça.

“Nós esperamos que os trabalhos hoje sejam mais rápidos ou levem o mesmo tempo que ontem”, informou o chefe das operações, o ex-governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osattanakorn, no início do resgate.

Segundo Osattanakorn, a operação foi retomada às 10h08 (0h08, horário brasileiro) após um intervalo para o abastecimento dos reservatórios de oxigênios. Mais de 90 profissionais participam dos trabalhos.

O resgate corria contra o tempo para salvar os garotos enquanto a temporada de monções se aproxima. Os trabalhos para bombear água foram incessantes e, segundo autoridades, os níveis de água no interior da caverna não aumentaram nos últimos dias. As condições de trabalho nos primeiros dias de resgate foram consideradas boas pelas autoridades tailandesas, que alertaram para a possibilidade de fortes chuvas nos próximos dias.

Os garotos de 11 a 16 anos e o treinador deles, de 25, ficaram presos na caverna Tham Luan Nang Non depois que uma forte chuva inundou o local, no dia 23 de junho. Eles foram localizados dez dias depois, já desnutridos.

ASSOCIATED PRESS
Marinha da Tailândia
ESTADÃO CONTEÚDO
FACEBOOK
Agência Estado

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar