ANUNCIEAQUI01
consultoria do bem
Conteúdo Especial

WAM Ensino e OVG abrem seleção para curso gratuito sobre a formalização de entidades sociais em Goiás

ANUNCIEAQUI01
A primeira turma do curso acontece de 7 a 28 de junho de 2022 e é voltado para voluntários que participarem dos processos seletivos realizados pela OVG
 
A WAM Ensino em parceria com a Organização das Voluntárias de Goiás – OVG irão oferecer de 7 a 28 de junho de 2022, a primeira turma do curso Capacita Voluntário, uma das etapas do projeto Consultoria do Bem da OVG. Serão selecionados cerca de 40 voluntários inscritos como voluntários do Consultoria do Bem com formação acadêmica em administração, serviço social, direito, contabilidade que participarem do processo seletivo realizado pela OVG – Organização dos Voluntários de Goiás. A participação no curso é totalmente gratuita, com disponibilização de material e mentorias. Para saber mais detalhes sobre como se inscrever, basta acessar o portal www.ovg.org.br/voluntariado/programa/714524. O curso terá um total de 8h e acontecerá em formato 100% presencial às terças-feiras, das 19 às 21 horas com atividades teóricas e práticas.
O tema foi previamente mapeado e analisado pela WAM Ensino e OVG baseado na necessidade das entidades filantrópicas de manuseio de ferramentas de gestão e formalização jurídica. Através deste curso as entidades estarão instrumentalizadas para gerir seus projetos internos, recursos, doações e prestações de contas, captar voluntários e aumentar sua rede, possibilitando o crescimento da organização e até sua participação em editais de recursos e apoio oferecidos pelo governo do Estado de Goiás.
O diretor executivo da WAM Ensino Diogo Ferreira conta que a parceria surgiu da vontade da instituição em contribuir com a comunidade goiana com o que ela pode oferecer de melhor: a educação. “A OVG tem sido uma importante parceira e entendemos a importância de trabalhos que auxiliam a sociedade a crescer e se desenvolver. Além dessa, apoiamos diversas outras iniciativas através do programa de voluntariado da WAM Group, o Viver+. Na frente educacional deste programa, o projeto Capacita Voluntário visa iniciar um movimento de fomento às entidades filantrópicas de Goiânia e região, estimulando a formalização e estruturação jurídico-contábil para que as entidades cresçam e atendam ainda mais pessoas”, reflete.
À frente das aulas do curso Capacita Voluntário estará o professor, Ednaldo Neri, formado em contabilidade especializado em Controladoria e Finanças com Ênfase em Perícia. “Nossa intenção é auxiliar para que as entidades sociais que continuam informais em Goiânia e região consigam regularizar sua situação e ter mais conhecimento sobre o setor. A proposta ainda visa criar um elo de conexão com agentes transformadores locais, captando recursos e ativando a participação da entidade em editais de apoio ofertados pelo governo”, explica.
Confira a programação dos módulos:
Módulo 01 Introdução ao Estatuto Social (2h)
Módulo 02 Captação de recursos (2h)
Módulo 03 Prestação de contas (2h)
Módulo 04 Plano de ação para editais (2h)
Sobre a WAM Group
A WAM Group é pioneira e líder mundial na comercialização de multipropriedades no Brasil que atua como gestora de empreendimentos fracionados. Com foco estratégico no ramo hoteleiro de lazer, oferece um modelo que possibilita a milhares de famílias realizar seus sonhos de férias a partir de uma estrutura sustentável, profissional e de credibilidade. Atenta a soluções completas para a carteira de clientes que administra, é composta pelas marcas WAM Comercialização, WAM Incorporação, WAM Fidelidade, WAM Gestão, WAM Ensino, WAM Hotéis e outras. Sob a gestão da WAM, atualmente são administrados 14 hotéis pelo país e três parques aquáticos, além de 26 salas de comercialização de multipropriedades imobiliárias, localizadas nas principais praças turísticas do país. A estrutura sólida e bem-sucedida envolve uma equipe superior a 4.000 colaboradores.
À frente das aulas do curso Capacita Voluntário estará o professor,__ Ednaldo Neri

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.