ANUNCIEAQUI01
IMG-20220516-WA0109
Goiás Trânsito

Balada Responsável autua 170 pessoas por embriaguez no fim de semana em Goiânia

ANUNCIEAQUI01
Operação Balada Responsável flagrou 170 casos de embriaguez ao volante durante o final de semana em Goiânia

Equipes de educação e fiscalização de trânsito do Detran-GO abordaram mais de três mil pessoas em ações simultâneas em vários pontos da capital

As ações de reforço da Balada Responsável resultaram em 170 autuações por embriaguez em Goiânia no último final de semana. Ao todo, 2.884 pessoas foram abordadas pelas equipes de fiscalização e educação do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO).

As principais infrações detectadas foram dirigir sob a influência de álcool ou outro psicoativo e recusa a realizar o teste do bafômetro (170) e condutores sem habilitação ou permissão de dirigir (19). Dos abordados, 137 condutores foram liberados após sanar as irregularidades. No total, 804 pessoas foram abordadas apenas durante as fiscalizações da Balada Responsável.

Já as ações educativas do Maio Amarelo abordaram 2.080 pessoas com o intuito de coibir a combinação de álcool e direção. Durante as ações, educadores de trânsito distribuíram material educativo e alertaram os condutores para os perigos do desrespeito às leis de trânsito.

Neste ano, 6.226 condutores foram autuados por dirigir sob o efeito de álcool. O número já corresponde a mais da metade dos registros feitos em 2021, quando ocorreram 12.183 flagrantes. O programa Balada Responsável tem o objetivo de sensibilizar os condutores para a adoção de comportamentos seguros no trânsito e de coibir a circulação de condutores embriagados, contribuindo para a segurança no trânsito.

Fotos: Detran-GO

Departamento Estadual de Trânsito de Goiás – Governo de Goiás

IMG-20220516-WA0108

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.