ANUNCIEAQUI01
1641830710161
Educação Ipameri Meio Ambiente

“Dengue Móvel 2022” é lançado em Ipameri

ANUNCIEAQUI01

Como o objetivo de unir o combate à dengue, a reciclagem e a doação de materiais escolares, a Prefeitura de Ipameri, por meio da Secretaria de Saúde lançou na manhã desta segunda-feira (10), na Praça da Cohab, o projeto Dengue Móvel nos bairros. O objetivo principal da Prefeitura é incentivar a reciclagem e cuidar do Meio Ambiente, ao mesmo tempo que combate o mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e ZiKa.FB_IMG_1641302452025

Nessa experiência, pneus, garrafas pet, recipientes, alumínios e sacolas plásticas, que possivelmente estão acumulando água no quintal, podem ser trocados por lápis, cadernos, borrachas, canetas e uma série de materiais escolares. Quanto mais material reciclável, mais materiais escolares os ipamerinos recebem em troca. É gratuito!

Para o Prefeito Jânio Pacheco, é gratificante manter ações que deram certo e que são motivo de orgulho ao município. “As nossas crianças e adolescentes são os mais animados com esse projeto, que além de ensinar e concientizar sobre a importância da preservação do meio ambiente e os riscos da dengue, também oferecem materiais escolares para as famílias. Ou seja, conseguimos fazer também um papel social a quem precisa. Esse projeto é um orgulho nosso, um orgulho de Ipameri”, destacou Jânio.

Além do prefeito Jânio Pacheco, também participaram do lancamento do programa, o secretário de Saúde, Érico Rocha, o diretor de Vigilância Epidemiológica, Fabiano Gomes e o diretor de Comunicação, Jean Carlo.

Confira os pontos de troca:

  • 10/01/2022 (segunda-feira) – Praça da Cohab – Setor Universitário.
  • 11/01/2022 (terça-feira) – Praça Triângulo – Vila Souza
  • 12/01/2022 (quarta-feira) – Praça do Cicadd – Alto do Cruzeiro
  • 13/01/2022 (quinta-feira) – em frente à Escola Municipal Godofredo Perfeito – Vila Seac.

1641830715855 1641830714446 1641830712784 1641830716835 1641830712028 1641830710789 1641830711614 1641830709304

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar