Celebridades Entretenimento

Avião com corpo de Gugu Liberato chega ao aeroporto de Viracopos

aviao-com-o-corpo-de-gugu-liberato-28112019060559091

corpo do apresentador será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, e o enterro acontecerá nesta sexta-feira (29) no cemitério Gethsêmani.

O avião que trouxe o corpo do apresentador Gugu Liberato pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, às 6h desta quinta-feira. A aeronave, que também transportou familiares do apresentador,  deixou Orlando, nos Estados Unidos, na noite desta quarta-feira. O apresentador morreu na última sexta-feira após sofrer uma queda em casa.

O corpo de Gugu será velado, em caixão aberto, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na zona sul de São Paulo. Batedores da Polícia Militar vão acompanhar o trajeto de Viracopos até a Assembleia Legislativa.  A previsão é que o corpo chegue na Alesp por volta das 10h. Inicialmente somente familiares e amigos mais próximos poderão acompanhar o velório. O público poderá se despedir do apresentador a partir do meio-dia e se estende até as 10h desta sexta-feira.

Ao sair da Assembleia, o corpo seguirá em carro aberto do Corpo de Bombeiros até o cemitério Gethsêmani, no Morumbi, zona oeste da capital paulista, em um trajeto de cerca de 10 quilômetros. O enterrado acontecerá nesta sexta-feira, ao meio-dia.

ACIDENTE

O apresentador Gugu Liberato, de 60 anos, morreu nesta sexta-feira (22), em Orlando, nos Estados Unidos. O comunicador da Record TV estava internado desde quarta no hospital Orlando Health, quando sofreu uma queda em casa e bateu a cabeça.

A informação foi confirmada em nota assinada por familiares e funcionários de Gugu e divulgada pela assessoria de imprensa do apresentador.

“Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos”, diz o texto.

Fonte: Portal R7

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar