Ipameri Policial

Polícia Civil de Ipameri realiza Operação Genes do Mal e prende quadrilha relacionada ao tráfico de drogas

IMG-20190802-WA0106

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia de Polícia de Ipameri/9a DRP, com apoio das equipes do Genarc 9ª DRP e da 1a DDP/Catalão, deflagrou na manhã de hoje 02.08.19, a “Operação Genes do Mal”, que busca reprimir os crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas na cidade de Ipameri.

Depois de exaustiva investigação, que já havia possibilitado a apreensão de drogas, dinheiro e instrumentos de preparo de drogas na posse de investigados e a produção de extenso conjunto de provas que mostra a vinculação com o crime de tráfico de drogas dos objetos apreendidos, a PC representou pela prisão preventiva de 03 investigados, além da apreensão cautelar de um adolescente infrator. Dessa forma, na manhã de hoje, de modo simultâneo, os Mandados de Prisão Preventiva e de Busca Domiciliar foram cumpridos.
Durante a Operação, na posse do adolescente infrator S.R.S., 16 anos*l, e de sua genitora M.D.J.S., 46 anos, foram apreendidas drogas, dinheiro e uma balança de precisão. Já os outros dois investigados, B.V.V.S., 24 anos, e L. M. N., 22 anos, foram localizados e imediatamente presos. Após as formalidades legais, os investigados maiores foram encaminhados ao Sistema Prisional e o adolescente ao local próprio para internação provisória, todos à disposição da Justiça.
Encerradas as investigações, todos os investigados vão responder pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas (arts. 33 e 35, da LD – penas de 8 a 15 anos de prisão) e o inquérito policial será remetido imediatamente ao Poder Judiciário, que poderá se pronunciar acerca do destino do grupo associado para o tráfico.

Fonte Catalão On LineIMG-20190802-WA0104 IMG-20190802-WA0105

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Adicionar comentário

Clique para comentar